1

A arte nas ilustrações e editoriais de moda

Dois editoriais nos mostram como o mundo da moda se apoia em referências artísticas, seja como inspiração para a criação ou para o ramo editorial.

O primeiro deles é uma referência à musica, mais especificamente ao camaleão David Bowie (que lançou recentemente um novo videoclipe) que é reconhecido por seu espírito criativo, que se estende além da música para outras formas de expressão, incluindo a moda. Na revista ELLE México de maio, o editorial ‘Just for One Day’ fotografado por Takahiro Ogawa, representa algumas das mais memoráveis imagens ​​de Bowie para mostrar criações de Jean Paul Gaultier, 3.1 Phillip Lim e Emilio Pucci entre outros:

RockerBeautyElle1

Já o outro editorial é uma mistura de ilustração e fotografia da revista W Magazine de maio. Com a top Karlie Kloss e fotografada por Nick Knight a proposta de contrastes é quase etérea. Como definiu o site Trend Hunters é “no geral, um cruzamento entre a opulência parisiense e um conto de fadas de Grimm”.

karlie-kloss-by-nick-knight-for-w-magazine-5

E já que tocamos no assunto ilustração, a loja on line Farfetch apresentou ilustrações minimalistas de quatro bolsas clássicas, ícones da moda e sonho de consumo de muitas mulheres ao redor do mundo:

iconic_bags-640x924

E falando em desejo e minimalismo, o site Fashionising reuniu anúncios vintage de Bernard Villemot para marcas como Bally, Perrier e outras. Além de linhas delicadas e cores fortes, a identidade criada pelo artista superava o anúncio e vendia sensações:

bernardvillemotvintageadvertising1

Fontes: Trend Hunters, Fashionising, Fashion Gone Rogue, Fubiz, The Citizens of Fashion

0

À moda de Downton Abbey

Quem é fã de séries de TV não pode perder a produção britânica Downton Abbey. Quem adora moda de época também não! Quem nos acompanha sabe que não perdemos a chance de destacar figurinos de filmes de época que nos fazem voltar no tempo. Pois Downton Abbey vai bem além dos figurinos, com uma rica reconstituição do início do século XX, a partir de 1912 e cenários e enredo emocionantes. A série conta a história dos Crawley, família aristocrata inglesa e seus criados em uma localidade fictícia em Yorkshire, abrangendo o período Eduardiano, o naufrágio do Titanic, a Belle Époque e o movimento Art Noveau. Ou seja, muitos elementos de um período riquíssimo em referências para a moda.

A terceira temporada passada após 1920, não está decepcionando e diversos sites e revistas destacam o figurino. Vamos a ele:

da3
da5

da10

da15

da18

A Vogue UK, inspirada pela série, resolveu identificar elementos da época nos desfiles atuais. São roupas, sapatos, luvas, bolsas e chapéus. A seleção de peças (lindas!) pode ser vista na galeria abaixo:

Fontes: Stylist, Vogue UK, Wikipedia.